17
maio
16

CAUBY PEIXOTO por CARLOS PIMENTA


o-cantor-cauby-peixoto-se-apresenta-no-bar-brahma-em-2006-desde-2002-cauby-fazia-shows-regulares-no-classico-bar-na-esquina-da-av-ipiranga-e-sao-joao-1425342388854_956x500

     NASCER NO RIO DE JANEIRO É REALMENTE UM PRIVILÉGIO! Vamos fazer um tour, através de lembranças, música e Arte: 1982, minha lembrança mais antiga do Cauby, propagandas na Rede Globo, do lendário “Un, Deux, Trois” do Chico Recarey, na zona sul do Rio, anunciando o show do Cauby: limitava-se a isso: “Un, Deux, Trois apresenta: Cauby Peixoto!” e ele cantava uma parte da antológica “Bastidores” – dava-se o telefone para reservas e finalizava: “Realização: Chico Recarey!”. O Cauby foi o primeiro “Cantor de Churrascaria”, logo, tantos amigos que cantam na Noite, comoRodrigo Chaudon, Flávio Farias, e o recém chegado Marquinhos Gusmao, saibam que quem começou o que vocês digna e magnificamente fazem foi o Cauby… Em 1993, comecei pra valer a fazer todas as imitações, que eu tenho até hoje. Minha Comadre Ana Reis, na época minha Professora de Matemática, que se acaba de rir comigo, me pediu o Cauby, mas eu não o imitava bem não… 12 de junho de 1993, a Claudia Roessing, nascida dia 1°, celebrou seus 15 anos no meu 12 de junho, estávamos todos lá: Raquel Lenti deve lembrar disso: a Ana Paula Petty e eu, no Karaokê cantando ‘Ronda” – e eu imitando o Cauby… Mas, nunca fora uma boa imitação, até 1996, quando ele foi ao programa da Hebe Camargo: a câmera deu um close no rosto dele, enquanto cantava. Foi quando eu descobri “o segredo”:

cena-de-cauby---comecaria-tudo-outra-vez-do-diretor-nelson-hoineff-1432764012326_956x500

O Cauby já não tinha potência na garganta, então ele usava um recurso, que cantores e atores como eu conhecem muito bem: a caixa vocal! Aquelas caretas que ele fazia, não eram meras frescuras, eram consequência do uso da caixa vocal, mais N plásticas. Eu, que estava gravando no video cassete a performance, voltei a fita, olhei duas vezes e fui para frente do espelho do banheiro: e, desde então, imito o Cauby Peixoto na sua plenitude! Uma vizinha nossa, a Marlene, que fora “Macaca de Auditório” da Rádio Nacional deu uma forcinha nisso, avaliando minha imitação; ela era apaixonada pelo Cauby! Andreia Miranda e eu, em nossas viagens de turnê das Peças do Jurisdrama, dávamos um show à parte: ela fazia um vocalize que lembrava a Ângela Maria, e eu fazia o Cauby: Uberlândia, Governador Valadares, Belo Horizonte e São Paulo acordaram ao som de “Babalu”… Em 1998, comprei o Box dele, com o melhor da sua Fase de Ouro,quando ele tinha “o vozeirão”.

13084074_1144218155612034_1805774217_n

   Carlos Pimenta versão Cauby Peixoto- 2000.

      Mas, em 1997, quando estreei no Teatro como Produtor, onde fui Ator de “As Preciosas Ridículas”, meu personagem era absolutamente a imagem do próprio Cauby: a peruca era a mesma, e meu figurino de época, lembrava as roupas de show do Cauby: Marcos Rogério Santana Virgens, Doralice Da Silva Simões,Carlos Henrique Martins Gonçalves, Carlos Ferreira, Tathyana Costa,Tatiana Mele, Adilson Sacramento, Rubens Lopes Freire Junior e um sem número de pessoas devem se lembrar disto, esspecialmente em 1999, na minha Produção Teatral “O Crepúsculo dos deuses”, onde eu imitava o próprio Cauby, cantando “Sing in the Rain – Cantando na Chuva”. Em 2003, em um churrasco de um amigo, o Wagner, eu passei no “teste de fogo:em mais um Karaokê, eu cantei ‘Se todos fossem iguais à você!”, imitando ao mesmo tempo o Agnaldo Rayol e o Cauby: no fim, todos aplaudiram, mas os aplausos eram “demais”, onde estavam os demais que aplaudiam? Pasmem, toda a coluna do edifício, que dava para aquele lado onde estávamos, das janelas, me aplaudiram!

download

Então, em 2004, Paulo Henrique Ferreira me levou ao show do Cauby, no Teatro Rival: Bete Mendes, Marília Pêra e Tônia Carreiro na Patéia – a Tônia gritou “Gostosão!” para ele, e desde então, faço o mesmo, inclusive quando alguém muda a foto do perfil aqui no Face! – o show foi MARAVILHOSO, junto com a Selma Reis no Palco… Fui N vezes à São Paulo, mas nunca dei uma chegadinha lá no Bar Brahma, para conhecê-lo, finalmente… Jô Fontes teve este prazer, e ficávamos horas falando dele… O grande erro que cometemos sempre: nunca imaginamos que as pessoas partem, quando não somos nós mesmos quem fazemos isso…

13055344_1119460131407595_1548317881154104742_n - Cópia

Em 2007, dei ao Marcelo Daguerre uma fita K7, com um show do Cauby gravado em SP, o qual Hugo Freitas também ouviu: a fita, por muitos anos, fora meu material de trabalho, para melhorar minha imitação, que recebera do Daltinho Medeiros a mais detalhada análise e elogio. Uma análise de quem conhece mesmo música: ele foi ao cerne do trabalho do Canto, que eu absorvi daquele K7. Em 2009, Fabio Lotus e Carlos Ferreira me contrataram, para trabalhar na Noite, com minhas imitações, e uma vez fiz o Cauby, com roupa e tudo mais. As pessoas, da rua, olhavam e pensavam que se tratasse do próprio, e entravam no Bar, e acabava que ficavam. O Fábio, então, me colocou na porta do Bar, como “‘chamaris” – KKKKK !!! – como tirei fotos, naquela Noite… Quando reencontrei o Marcos Rogério, em 2013, ele veio até minha casa, passar uns dias: a trilha sonora foi Cauby Peixoto…

lp.frente.JPG

Em Niterói – aterra Natal de Cauby Peixoto! – em cada show de algum amigo Cantor, meus 15 segundo de Fama como Cauby estavão sempre garantidos – Sueli Thomaz, Lucia Paes de Andrade, Douglas Cordeiro, Olivia Pontes  e Luciana Medeirospodem atestar isso! – nosso eterno Marcos Cid também adorava esta minha imitação! Uma vez, no Trevo de Piratininga, em uma certa roda de mulheres – todas clichês demais! – dizia-se que “Chico Buarque é quem entendia da alma feminina!”, entre suspiros eróticos artificiais. Então, eu perguntei: “Você realmente pensa isso, ou está apenas igual a um papagaio, repetindo o que os outros falam?”. Ela não gostou, e me perguntou à queima-roupa: “E, o que voê entende de Chico Buarque: Duvido que conheça uma única músiva dele!”. Então, imitando o Cauby, cantei um refrão de ‘BASTIDORES”, ao que a afetada disparou: “Mas, isso é Cauby Peixoto!”- com tom de voz desdenhante! – “Isto não é Chico!”, e mais um gemido. O que a deslumbrada não sabia – lógico! – é que, quando Chico Recarey contratara o Cauby, para os shows nas churrascarias, no final dos Anos 19979, o Cauby que ficara naquela década meio longe da mídia – os grandes artistas da Era do Rádio também tiveram este destino, naqueles anos – Cauby encarou aquela empreitada, onde ele iria de encontro onde o público estava, como um “Retorno”, e pedira ao Chico Buarque para lhe fazer uma música, “bem Cauby”, para este retorno: em menos de uma semana, surgia “Bastidores” que, junto com a eterna “CONCEIÇÃO” são os cartões de cisitas do maior Cantor do Brasil.  Somente os Grandes possuem estas atitudes: Cauby procurou, certa vez o ROBERTO CARLOS, e lhe pediu a permissão para gravar uma das músicas dele, que ele gostava. Roberto Carlos disse: “Ora, grave o que você quiser! Não precisava nem me pedir, afinal, você é o Professor!”, ao que Cauby aquiesceu com a cabeça, um leve sorriso, e disse: “É, eu sou o Professor, mas você É O REI…”…  Cheguei a me apresentar à um casal, em seu aniversário de casamento, porque eles se conheceram em um show do Cauby… Minha segunda imitação mais pedida, e assim será ainda, por muitos e muitos anos… Gostou da história, Mariza Lemos?… Segue um pouco, do que tenho ouvido aqui em casa, desde ontem:

Anúncios

0 Responses to “CAUBY PEIXOTO por CARLOS PIMENTA”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


maio 2016
D S T Q Q S S
« mar    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.


%d blogueiros gostam disto: