Arquivo para dezembro \30\UTC 2012

30
dez
12

JULIANA BRANT – REGISTRO


428826_250098891747090_1938630638_n[1]

   CERTAS COISAS não variam muito, no Maravilhoso Mundo do Carlos Pimenta. O Telefone toca:

“Onde você está?”, diz a Paula Buzan. Minha filha dispensa as Formalidades da Conversação…

– “Em casa, ora!” – Não que esta seja uma “Ciência Exata”…

“Você não vem? A Juliana lhe quer aqui!”…  E, em 20 minutos, a Poderosa Paula Buzan faz o Corcel Negro me apanhar na porta de casa… Chato, não é mesmo? Chegando a Camboinhas, a própria Juliana Brant, na porta da frente me fez ver que a Paula não estava de brincadeira…

SAM_2304

     BEM, andam falando muito dela. Já eu posso falar sobre ela. Não é sempre que aparece na vida da gente uma moça bem jovem que, a despeito de sua beleza (que movimenta um universo canino dispare!), conserva verdades trazidas de dentro de casa, quem sabe se desde a infância… Não se trata deu uma visão infantil da vida: apenas enxerga a Vida com seus próprios olhos; seria isto a chamada “Maturidade”?

230482_105213749568939_8127305_n[1]

     MAS, DECIDIU ABRIR AS PRÓPRIAS ASAS, e voar na direção que desejava, fazendo o vento conduzi-la para onde ela queria ir. Sentimos falta dela quando não aparece, e quando surge, fala abertamente: ”é que eu estava ocupada estudando”, ou “trabalhei muito nestes dias”… Nossa Trabalhadora Encantadora não se deixa enganar: sabe perfeitamente o que quer, o que querem dela, e o mais importante: o que ela espera dela mesma!

535837_286888931401419_2007499360_n[1]

É desesperadamente louca por crianças…

295168_250098545080458_1516094118_n[1]

É louca também por animais, mas sugiro que você não se empolgue muito, seu jumento!

249847_105212852902362_26793_n[1]

     MAS, como uma criança normal, até se intima diante do Novo, por mais que saiba que isso pode ser bom! Não deixa de ser uma delícia ver tal cena: aquele rostinho angelical tímido… Bem, vamos a Lida da Comédia: na casa da Paula Buzan, jantando comigo, notou que eu comia mais devagar… Do modo mais timidamente lindo, “se desculpou” por “haver acabado primeiro”… E eu tive que me desculpar, por gargalhar tão alto, fazer o quê… Não, a vizinhança já se acostumou…

483298_250098968413749_1073485864_n[1]

     BOM, NINGUÉM É PERFEITO, não é mesmo… Mas, bancando o “Advogado do diabo”, sabatinei as suas amigas, algumas colegas de trabalho. Eu perguntei quais eram os seus maiores defeitos: eram todos brincadeiras de criança. Mas, houve um que sobressaiu, de bate pronto: “ela trabalha demais”! À própósito, SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!

270198_122891237801190_6758986_n[1]

     QUEBRA todas as “convenções” sem transgredi-las! Como assim? Faz seu próprio caminho, sem machucar os outros, criticá-los, agir de má fé… E, é naturalmente engraçada! E, existe coisa mais engraçada que isso?  É que de tímida, cá entre nós, ela não tem nada! Ela fala de maneira simples e direta sobre tudo e sobre todos. Comigo desabafou que se entristecera com um amigo que “evaporou”…

536361_273218426101803_1865042975_n[1]

     ESSE NEGÓCIO de falar de Religião é um porraço! Olhem esta foto, e me digam sinceramente: como é possível Deus não existir? Ao fundo, João Paulo II…

542910_270379286385717_1515954376_n[1]

     Dona Baratinha conseguiu o feito digno de uma formiguinha: organizar sua própria Festa de Aniversário, manter a ordem e se divertir… Samba Juliana, Samba Juliana, Samba…

     O QUÊ DIZER, POIS? Como não adora-la? Tão dona de si, rindo horrores destes Lobos-Maus que acham que ela é a Chapeuzinho Vermelho… É que ela está mais para o Pica-Pau! E lá vamos nós: não usa nem pouca roupa, nem muita maquilage, nem acessórios: o que Deus fez já é o suficiente! Só sua forma carinhosa de tratar já bastaria, mas aí vem o surpreendente: ela pode conversar de um tudo, sobre tudo!  Só posso dizer para ela o mesmo que disse a minha filha Paula Buzan, sua irmã: que todas as Portas desta Vida se abrem, para quem sabe para onde quer ir! 

     Autêntica, Bela, Fina sem Viadagem, Inteligente: se isso é Ser Chique, Chique é ser Juliana Brant.

http://youtu.be/yKTAJkVFvCI

Da minha juventude, para a juventude dela: De Leve…

 

Anúncios
12
dez
12

12/12/2012 – OS 97 ANOS DE NASCIMENTO DE FRANK SINATRA


frank-sinatra[1]

     QUANDO LHE PERGUNTARAM “Quem é o Maior Cantor do Mundo?”, ele foi taxativo: “Tony Bennett”. Mas, adorava Lou Rawls. Não é que exatamente não gostasse de fazer filmes, apenas detestava gravar mais de uma vez a mesma Cena; Diretor tem esta mania de gravar várias vezes a mesma Cena, “só para garantir”. Quando era homenageado em um show, pelos seus 80 anos, cruzou com Kate Moss em um corredor: puxou-a pela cintura, e enquanto lhe beijava a boca, colocava na sua mão uma nota de dólar, cujo valor é especulação. Quando seu corpo fora sepultado, junto a ele colocaram uma garrafa de Champagne, e nos bolsos um maço de cigarros Camel mais algumas moedas; desde que seu filho fora seqüestrado, ele guardou um trauma: ficou impossibilitado, de pronto, a tomar qualquer atitude, porque o único telefone disponível era público, e ele não tinha uma única moeda no bolso. Desde então, jamais se permitiu ficar sem moedas o bolso…

mia-farrow-e-frank-sinatra-noiva[1]

     AOS 51 ANOS casou-se, pela terceira vez, com Mia Farrow, que na época tinha 21 anos. A mãe de Mia disse à Imprensa: “faria mais sentido se ele se casasse comigo!”. Encontrou no Maracanã sua maior platéia: 170 mil pessoas. A única vez que a sua carreira realmente ameaçou balançar, foi com o balanço de Elvis Presley, mas ele encontrou na Bossa Nova Brasileira novo fôlego, voltando ao Topo das paradas de sucesso. Ganhou um Oscar em 1953, como Melhor Ator Coadjuvante, no antológico “Um Passo para a Eternidade”, e eu daria outro pela sua magnífica atuação em “O Homem do Braço de Ouro”. Smoking sempre!

Lan 667

     COM SEUS  AMIGOS Joey Bishop, Peter Lawford, Sammy Davis Jr. e Dean Martin varreram os Estados Unidos, pedindo votos para eleger John Kennedy presidente. Mas, não foram apenas os amigos artistas, até a Máfia entrou na campanha presidencial! Mas, quando o Embaixador Kennedy, pai de John (que era contra os Estados Unidos entrarem na 2ª Guerra Mundial ao lado dos Ingleses, por ser Irlandês; Pearl Harbor o forçou a mudar de opinião), disse que o tiraria da Campanha caso se mantivesse envolvido com o casamento inter-racial de Sammy Davis Jr.; ele pouca importância deu, e ainda acabou sendo o Padrinho deste Matrimônio. Quando perguntou a George, um empregado-amigo nos Anos 60, sobre o quê ele achava de Kennedy, George respondeu: “Ele é um Playboy”, então, ele disse: “Mas você também é!”, ao que George disse: “Mas, eu não sou candidato à Presidência dos Estados Unidos!”…

Reagan Awarding Medal To Sinatra

     ENOJADO DO MUNDO DA POLÍTICA, só voltaria a aparecer nela no Grande Baile, em homenagem a eleição de Ronald Reagan, apenas “para cumprimentar um velho amigo dos tempos do Cinema”. Ironicamente, durante o Baile, o Presidente Reagan o vendo dançar com a Primeira-Dama Nancy Reagan, o Presidente foi até eles e disse: “Já basta! Eu conheço seu histórico com as mulheres!”, e os fotógrafos se esbandaram em risos e fotos, diante da cena. E, pelo Cinema, nos apresentou seus amigos “Rat Pack” em outro filme antológico: “Ocean Eleven”, filmado em seus próprios cassinos, em Las Vegas… Quando completou 80 anos de idade, das incontáveis homenagens que recebeu, talvez a mais visível foi a do Empire State Biulding, que fora vestido de luz azul, em honra ao apelido “Blue Eyes”… No início da carreira era “o branco que canta como um negro”…

frank-sinatra-tom-jobim-the-complete-reprise-recordings_MLB-O-2843678497_062012[1]

     POR MUITO TEMPO, quem chegava de avião em Nova Iorque, durante a aterrissagem, ouvia nos auto-falantes “New York, New York”. Isso não impressiona mais do que saber que, a própria NASA, em um destes robôs malucos, que vagueiam pelo espaço à procura de formas inteligentes, foi abastecido de imagens e sons do planeta Terra. A voz dele abre esta memória… Ah, também tem o Tom Jobim…

bono-frank-sinatra[1]

     SE VOCÊ APANHAR O ALFABETO, você verá que para cada letra existe, no mínimo, uma Canção correspondente gravada. Dentro da tradição americana dos “Duets” – grandes artistas convidando outros grandes artistas para, em dueto, cantar um grande sucesso – foi o primeiro artista a gravar um Álbum via satélite,  graças a Tecnologia, com os convidados estando em diversas partes do Mundo! Onde seu corpo descansa, está uma placa onde se lê: “O MELHOR AINDA ESTÁ POR VIR’…

Frank-Sinatra-The-Sinatra-Famil-488214[1]

NESTE 12/12 DE 2012,

CELEBRAMOS OS 97 ANOS DE NASCIMENTO DE

FRANK SINATRA,

O MAIOR CANTOR DE TODOS OS TEMPOS!

12
dez
12

12/12/2012 – OS 82 ANOS DE SILVIO SANTOS


silvio[1]

     “O MAIOR BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS”, programa que o SBT adquiriu os direitos da BBC de Londres,  neste ano de 2012 realizou em nosso Brasil, através de ampla pesquisa popular, elegeu CHICO XAVIER como o maior Brasileiro de todos os Tempos, dentro das regras de votação estipulados pela BBC. No Reino Unido, Sir WINSTON CHURCHILL foi eleito o maior Inglês de todos os Tempos. Uma das regras do programa determinava que nenhum artista ou outro profissional qualquer da emissora que realizava o programa poderia constar no ranking da votação.

       Após a escolha de Chico Xavier, dentre os 12 mais votados – Princesa Isabel, Oscar Niemeyer, Pelé, Irmã Dulce, Santos Dumont, Tiradentes, Ayrton Senna e os Presidentes Getúlio Vargas, Juscelino Kubistchek, Fernando Henrique Cardoso e Luis Inácio Lula da Silva – a grande Imprensa de São Paulo preparou outra, mas aceitando nomes do staff do SBT. O resultado, francamente, não foi surpresa alguma: o nome de SILVIO SANTOS figurou absoluto em primeiro lugar, com ampla distância do segundo lugar, que foi ocupado por Ayrton Senna.

644010_362957467127265_1362012759_n[1]

 

     Será que existe alguma coisa sobre Silvio Santos, que o povo brasileiro não saiba? O Carioca SENOR ABRAVANEL é Empresário e Apresentador de TV, tem seis filhas: duas filhas adotivas do seu primeiro casamento – Cíntia e Silvia – mais quatro filhas do seu segundo casamento – Daniela, Renata, Rebeca e Patrícia – é Judeu, e está completando neste 12 de dezembro de 2012 exatos 82 anos de idade.

     Provas incontestáveis do quanto o povo brasileiro adora Silvio Santos, que podemos citar que foram de grande eloqüência: o repentino aparecimento de Silvio no Horário Político de 1989, anunciando que era candidato à Presidência da República – isto aconteceu na noite do domingo; na segunda-feira pela manhã, o jornal O Globo anunciava: “Collor 30%, Silvio Santos 34%”. A primeira eleição presidencial depois do Regime Militar, caso Silvio Santos continuasse na disputa, seria uma eleição que se resolveria logo no Primeiro Turno. Essa candidatura fora planejada pelos então senadores Edson Lobão (MA), Hugo Napoleão (PA) e Antonio Carlos Magalhães (BA), e deveria ter sido efetivada através do então PFL, hoje DEMOCRATAS. Mas, a legenda optou pelo nome de Aureliano Chaves, que fora Vice-Presidente da República no governo do General-Presidente João Figueiredo. Então, os “Caciques” do PFL lançaram Silvio no “nanico” PMBPartido Municipalista Brasileiro, com as bênçãos de um PFL insatisfeito com Aureliano Chaves. Mas, esta campanha durou apenas uma semana: Renan Calheiros, um dos responsáveis da campanha de Fernando Collor, conseguiu impugnar no STE a candidatura de Silvio Santos.

     Outra relevante momento foi em 2001, quando a Escola de Samba Tradição decidiu levar Silvio Santos, como Enredo, para a Marquês de Sapucaí. A presença do próprio Silvio no Desfile da agremiação era uma incógnita. Quando Silvio Santos surgiu, no carro Abre-Alas, o povo em delírio aclamou Silvio Santos, cantando o Samba-Enredo da Escola de Samba. A impressão que se tinha era de que, se fosse possível, todo aquele Povo “pularia” aquela cerca aramada, e entrariam pelas Alas da Tradição. Em poucos Carnavais, fora visto tamanha integração do Povo com um Enredo.

FOTOGRAFIAS 1357

 

     Homem de intuição, Silvio Santos sempre acreditou em Deus e em si mesmo. Um grande exemplo disto foi quando surgiu a TVS, concessão dada pelo Presidente Figueiredo: Silvio queria novelas na nova emissora, mas não queria gastar a mesma quantidade de dinheiro que a Rede Globo na confecção delas. Então, foi a TELEVISA do México, a emissora que até hoje mais exporta novelas no mundo, e adquiriu um pacote de novelas e mais um programa humorístico. De pronto, Silvio Santos não se decidiu, levando a proposta aos executivos da TVS. Estes, por sua vez, aceitaram as novelas, mas foram contra o humorístico, alegando que “no Brasil, tal seriado jamais faria sucesso”. Mas, contrariando a todos os executivos, Silvio Santos disse: “Mas, eu acho que fará sucesso sim, e vou comprar”. Os executivos alegaram que “seria muito dinheiro jogado fora”. Tratava-se dos humorísticos do comediante Chespirito, os programas do “CHAPOLIN” e do “CHAVES”…

     Com uma saúde de aço e vitalidade impressionante, Silvio Santos chega aos 82 anos de idade. Não se trata de dinheiro – o Patrimônio de Silvio, mesmo após o desfalque do Banco Panamericano, está orçado em 6 Bilhões de Dólares – mas sim de uma forma disciplinada de encarar a vida – disciplina que Silvio diz ter adquirido, quando se tornou Pára-quedista do Exército – ele serviu no destacamento junto com o Ator e Cantor Tony Tornado – mais “uma vontade indômita” de viver. Foi-se a época, em que 82 anos significava “aposentadoria tranqüila”…

midia-indoor-silvio-santos-1265642876406_275x335[1]

Este 12/12/12, de fato, não passaria em branco:

PARABÉNS, SILVIO SANTOS! VIDA LONGA AO HOMEM SORRISO!

08
dez
12

O PORTEIRO DO PUTEIRO


 O PORTEIRO DO PUTEIRO – SENSACIONAL

(Leia até o final)

 

07~28[1]

 

 NÃO HAVIA no povoado pior emprego do que “porteiro da zona”.
 Mas que outra coisa poderia fazer aquele homem?
 O fato é que nunca tinha aprendido a ler nem escrever, não
 tinha nenhuma outra atividade ou ofício.
 Um dia, entrou como gerente do puteiro um jovem cheio de
 idéias, criativo e empreendedor, que decidiu modernizar o
 estabelecimento.
 Fez mudanças e chamou os funcionários para as novas instruções.
 Ao porteiro disse:
 – A partir de hoje, o senhor, além de ficar na portaria,
 vai preparar um relatório semanal onde registrará a quantidade de
 pessoas que entram e seus comentários e reclamações sobre os serviços.
 – Eu adoraria fazer isso, senhor, balbuciou – Mas eu não
 sei ler nem escrever.
 – Ah! Quanto eu sinto! Mas se é assim, já não poderá
 seguir trabalhando aqui.
 – Mas senhor, não pode me despedir, eu trabalhei nisto a
 minha vida inteira, não sei fazer outra coisa.

 – Olhe, eu compreendo, mas não posso fazer nada pelo
 senhor. Vamos dar-lhe uma boa indenização e espero que encontre algo
 que fazer. Eu sinto muito e que tenha sorte.
 Dito isso, deu meia volta e foi embora. O porteiro sentiu
 como se o mundo desmoronasse. Que fazer?
 Lembrou que no prostíbulo, quando quebrava alguma cadeira
 ou mesa, ele a arrumava, com cuidado e carinho.
 Pensou que esta poderia ser uma boa ocupação até conseguir
 um emprego.
 Mas só contava com alguns pregos enferrujados e um alicate
 mal conservado.
 Usaria o dinheiro da indenização para comprar uma caixa de
 ferramentas completa.
 Como o povoado não tinha casa de ferragens, deveria viajar
 dois dias em uma mula para ir ao povoado mais próximo para realizar a
 compra. E assim fez.

 No seu regresso, um vizinho bateu à sua porta:
 – Venho perguntar se você tem um martelo para me emprestar.
 – Sim, acabo de comprá-lo, mas eu preciso dele para
 trabalhar, já que…
 – Bom, mas eu o devolverei amanhã bem cedo.
 – Se é assim, está bem.
 Na manhã seguinte, como havia prometido, o vizinho bateu à
 porta e disse:
 – Olha, eu ainda preciso do martelo. Porque você não o
 vende para mim?
 – Não, eu preciso dele para trabalhar e além do mais, a
 casa de ferragens mais próxima está a dois dias de viagem, de mula.
 – Façamos um trato – disse o vizinho.
 Eu pagarei os dias de ida e volta, mais o preço do
 martelo, já que você está sem trabalho no momento. Que lhe parece?
 Realmente, isto lhe daria trabalho por mais dois dias. Aceitou.
 Voltou a montar na sua mula e viajou.
 No seu regresso, outro vizinho o esperava na porta de sua casa.
 – Olá, vizinho. Você vendeu um martelo a nosso amigo.
 Eu necessito de algumas ferramentas, estou disposto a
 pagar-lhe seus dias de viagem, mais um pequeno lucro para que você as
 compre para mim, pois não disponho de tempo para viajar para fazer
 compras.
 Que lhe parece?
 O ex-porteiro abriu sua caixa de ferramentas e seu vizinho
 escolheu um alicate, uma chave de fenda, um martelo e uma talhadeira.
 Pagou e foi embora. E nosso amigo guardou as palavras que escutara:
 “não disponho de tempo para viajar para fazer compras”.
 Se isto fosse certo, muita gente poderia necessitar que
 ele viajasse para trazer as ferramentas.
 Na viagem seguinte, arriscou um pouco mais de dinheiro,
 trazendo mais ferramentas do que as que já havia vendido.
 De fato, poderia economizar algum tempo em viagens.
 A notícia começou a se espalhar pelo povoado e muitos,
 querendo economizar a viagem, faziam encomendas.
 Agora, como vendedor de ferramentas, uma vez por semana
 viajava e trazia o que precisavam seus clientes.
 Com o tempo, alugou um galpão para estocar as ferramentas
 e alguns meses depois, comprou uma vitrine e um balcão e transformou
 o galpão na primeira loja de ferragens do povoado. Todos estavam
 contentes e compravam dele.
 Já não viajava, os fabricantes lhe enviavam os pedidos.
 Ele era um bom cliente. Com o tempo, as pessoas dos povoados vizinhos  preferiam comprarna sua loja de ferragens, a ter de gastar dias em
 viagens.
 Um dia ele lembrou de um amigo seu que era torneiro e
 ferreiro e pensou que este poderia fabricar as cabeças dos martelos.
 E logo, por que não, as chaves de fendas, os alicates, as
 talhadeiras, etc …
 E após foram os pregos e os parafusos …
 Em poucos anos, ele se transformou, com seu trabalho, em
 um rico e próspero fabricante de ferramentas.
 Um dia decidiu doar uma escola ao povoado.
 Nela, além de ler e escrever, as crianças aprenderiam
 algum ofício.
 No dia da inauguração da escola, o prefeito lhe entregou
 as chaves da cidade, o abraçou e disse:

 – É com grande orgulho e gratidão que lhe pedimos que nos
 conceda a honra de colocar a sua assinatura na primeira página do
 livro de atas desta nova escola.
 – A honra seria minha, disse o homem. Seria a coisa que
 mais me daria prazer, assinar o livro, mas eu não sei ler nem
 escrever, sou analfabeto.
 – O Senhor? disse incrédulo o prefeito. O senhor construiu
 um império industrial sem saber ler nem escrever? Estou abismado. Eu
 pergunto:
 – O que teria sido do senhor se soubesse ler e escrever?
 – Isso eu posso responder, disse o homem com toda a calma:
 – Se eu soubesse ler e escrever…. ainda seria o

 PORTEIRO DO PUTEIRO!

***

     Essa história é atribuída a um grande industrial chamado VALENTIN TRAMONTINA, fundador das INDÚSTRIAS TRAMONTINA, que hoje tem 10 fábricas, 5.500 empregados, produz 24 milhões de unidades variadas por mês e exporta com marca própria para mais de 120 países – é a única empresa genuinamente brasileira nessa condição. A cidadezinha citada é Carlos Barbosa, e fica no interior do Rio Grande do Sul.

     O BLOG DO PIMENTA, através de pesquisa realizada sobre o assunto, pode afirmara que esta história NÃO É VERÍDICA – Valentin Tramontina jamais trabalhara em um bordel – entretanto, dada a elevada importância da mensagem que ela possui, entendemos que é imperioso divulgá-la, como incentivo e apoio moral à tantas pessoas.

     Eis aqui, compilação extraída do Blog ORIUNDI BRASILE, do jornalista EDUARDO FIORA, dedicado a difundir e aprofundar temas da presença italiana no Brasil:

Domingo, 31 de janeiro de 2010.

valentin_tramoantina_1[2]

Oriundi: Valentin Tramontina, o ferreiro empreendedor e a formação de um grande grupo.

Dentre tantas histórias da italianidade na serra gaúcha, uma que sem dúvida merece destaque é a trajetória da família Tramontina, hoje sinônimo de cutelaria de alta qualidade. A trajetória de sucesso dos Tramontina tem início em 1911.

Valentin Tramontina, filho de imigrantes italianos (região de Maniago, Friuli-Venezia Giulia, província de Pordenone – local de fabricação de facas e canivetes), morava em Santa Bárbara, região de Bento Gonçalves. Lá viviam da fabricação de ferramentas agrícolas.

Com a chegada da ferrovia, Valentim decide dar novo rumo á sua vida e migra para Carlos Barbosa, que à época não passava de uma vila. Ali monta uma pequena ferraria, esperando ser impulsionado pela dinâmica da ferrovia.

Em 1919, Valentim dá um passo adiante e compra um terreno de 300 m2 na Rua Amapá, construindo um prédio de madeira para abrigar o seu negócio . Trabalhava com ele o irmão Luiz .

Até 1930, a produção da ferraria era modesta. Valentin prestava serviços a empresas, entre elas, Arthur Renner, proprietário de uma refinaria de banha; fazia conserto em indústrias locais, ferrava cavalos e fabricava canivetes.

Em 1932, Valentin agrega os primeiros colaboradores. São pessoas que residem na vila, trabalham na agricultura em tempo parcial e começam a fazer facas e canivetes nos porões de suas casas. Valentin Tramontina, nascido em 1893, falece com 46 anos de idade, no ano de 1939.

A partir daí, assume a ferraria, dona Elisa Tramontina, esposa de Valentin, que desponta como uma empreendedora nata e arrojada. Ela é quem embarca no trem da estação da vila de Carlos Barbosa e vai vender a produção nos mercados regionais e na capital do Estado. Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), caso não existisse a determinação e a coragem de Elisa, a ferraria teria sucumbido.

O ano de 1949 pode ser considerado um marco na história do Grupo. Trata-se da data em que Ruy José Scomazzon, barbosense de 20 anos, amigo de Ivo Tramontina, cursando a Faculdade de Ciências Econômicas da PUC – Porto Alegre, começa a prestar assessoria à Tramontina. Ruy, com espírito de liderança, implanta planos ambiciosos, enfatizando a organização em todos os setores. Inaugura-se uma nova etapa. O caráter artesanal dá lugar a uma produção manufatureira. Na década de 50, a empresa contava com 30 empregados e alguns representantes comissionados espalhados pelo Estado. Os canivetes representavam 90 por cento do faturamento.

Vem da Itália a tradição de ter no bolso um canivete, cuja denominação é “brítola”. Trata-se de um canivete com formato de pequena foice utilizado principalmente na poda da parreira, para cortar vime. A Tramontina sempre se destacou na fabricação deste canivete. A empresa se capitaliza rapidamente, com inovações tecnológicas: laminadores, marteletes, máquinas de esmerilhar e forjar, que dinamizam a produção em série. Com a presença do governador Ildo Meneghetti, em dezembro de 1956, foi inaugurada a ampliação das instalações da empresa e o novo escritório. Intensifica-se a produção de facas e ferramentas agrícolas.

O ano de 1958 marca a fundação da Metalúrgica Forjasul, em Porto Alegre, e posteriormente transferida para Canoas. Em 1961 falece a grande baluarte Elisa Tramontina. As décadas de 60 e 70 são marcadas pela instalação de empresas do Grupo em Garibaldi, Farroupilha e na Bahia, e também pela admissão de novos empregados. Houve um salto gigantesco. Dos 30 empregados existentes em 1950, a empresa passou a ter em seu quadro 557 funcionários no final dos anos 60.

Hoje o Grupo emprega quase 6.000 pessoas, exporta para mais de 100 países e é uma marca conhecida no mundo inteiro. Nas suas diversas unidades produz mais de 17 mil itens. A década de 80 foi de um enorme crescimento para empresa, tanto no mercado interno como externo, onde em 1986 inaugurou uma subsidiária na cidade de Houston no Texas. Nos anos seguintes a  Tramontina tornou definitivamente um gigante em seu setor, ampliando ainda mais sua linha de produtos e ingressando em muitos mercados mundiais como a Alemanha (1993), Chile (2000), Dubai (2004) e Peru (2005).

Neste novo milênio a Tramontina também decidiu que tinha chegado a hora de ir além da cozinha. A ordem partiu de Clóvis Tramontina neto de Valentim e principal responsável pelas maiores mudanças da empresa nos últimos anos. A grande tacada do empresário foi aproveitar uma simples fábrica de cabos de madeira que revestem talheres para ingressar no mercado de móveis.

Exporta com marca própria para mais de 120 países. Atualmente o grupo é formado por 10 unidades industriais (sendo oito no Estado do Rio Grande do Sul, uma em Belém, no Estado do Pará, e outra em Recife, no Estado de Pernambuco) que produzem mensalmente quatro milhões de facas, 21.5 milhões de talheres para uso diário, quatro milhões de talheres finos e econômicos, 800 mil chaves de fenda, 260 mil martelos, 200 mil enxadas, 20 mil pias e 35 mil cubas, 300 mil cadeiras e mesas plásticas, 20 mil mesas e cadeiras de madeira, 66 mil prateleiras, 15 mil cortadores e aparadores de grama e 200 mil panelas de aço inox.

 
 
08
dez
12

QUIZZ-SABER – NOSSO BAR – DOMINGO, 2 DE DEZEMBRO DE 2012 & SEGUNDA-FEIRA, 3 DE DEZEMBRO DE 2012 – PLACAR


486820_419786971413897_607495577_n[1] (2)

O BLOG DO PIMENTA INFORMA :

 

FOTOGRAFIAS 1781

– DOMINGO, 2 DE DEZEMBRO DE 2012 –

GRANDE CAMPEÃ DA NOITE :

FOTOGRAFIAS 1185

***** equipe DEU BRANCO *****

 

FOTOGRAFIAS 1747 

– SEGUNDA-FEIRA, 3 DE DEZEMBRO DE 2012 – 

GRANDE CAMPEÃ DA NOITE :

Soldados+Bandeira+do+Flamengo[1][1]

***** equipe MINHOCA-JACK *****

 

FOTOGRAFIAS 1775

MUITA ATENÇÃO:

EM PIRATININGA: Domingo,  9 de dezembro de 2012 – o TEMA DO DIA será “LOST”.

NO JARDIM ICARAÍ : Segunda-Feira, 10 de dezembro de 2012 – o TEMA DO DIA será “MACHADO DE ASSIS”.




dezembro 2012
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.


%d blogueiros gostam disto: