27
dez
10

JULIO IGLESIAS


 QUANDO O REAL MADRID VIU SEU GOLEIRO SOFRER UM ACIDENTE, que o deixou semi-paralítico, nem imaginava que, um ano e meio depois, o Mundo ganharia o maior cantor romântico de todos os tempos! Durante o tratamento que, lentamente, o fez voltar a andar, ele apanhou o violão, e começou a compor. Então, em 1968, vencendo um concurso de cantores na Espanha, o Mundo, todos os enamorados mas, principalmente, todos os homens largados pelas sarjetas do amor encontraram em JULIO IGLESIAS seu companheiro mais fiel. Assinado o contrato com a Columbia, em 1968 mesmo, o cantor de voz suave, com aquele timbre característico da voz latina, cantando as aventuras, as esperanças, o amor realizado, as desventuras da paixão, e os destroços que sobram de um homem rejeitado, realizou turnês inacreditáveis pela Europa; as das Américas beiram a mentira, dada a imensa recepção do público! Este Colunista pode arfirmar, categoricamente que, um homem que nunca ouviu Julio Iglesias é porquê nunca amou mulher alguma! Julio Iglesias, através de suas cancões mas, principalmente, pela sua interpretação à cada canção, diz tudo o que desejamos falar ao alvo de nossos mais sinceros sentimentos; Julio sabe externar a amargura de um coração despedaçado. Julio Iglesias é melhor conselheiro do que qualquer amigo ou copo de bebida. Diga-se de passagem, quando um atormentado do amor ouve Julio Iglesias, só fica bêbado se, o dono do bar o proibir de ouvir Julio Iglesias; é que a verdade dói, e nem todo homem a admite, inclusive o dono do bar! Não é “dor de corno“, e sim uma imensa força de caráter, para assumir a realidade dos sentimentos! Como já foi descrito acima, muitas vezes quem não ouve Julio Iglesias, e até “torce o nariz” para ele, é porque nunca soube o que é o amor. “Manuela“, talvez sua canção mais conhecida, transformou a novela argentina em algo extremamente popular, e foi gravada em Português, Espanhol, Francês e Italiano, na opinião deste Colunista, a mais bela das versões. Frank Sinatra fez questão de gravar “The Summer Wind” com Iglesias, dizendo que “a canção era a cara dele”. O album “Duets” foi uma “sacada de Mestre” de Sinatra. Talvez “The Voice” já pressentice que seria seu último álbum, então, decidiu gravar suas belas canções, com arranjos especialíssimos, com os maiores cantores do Planeta, dentre os quais aquele a quem ele considerava “O Maior Cantor do Mundo“, Tonny Bennett e o Brasileiro Tom Jobim, quem ensinou Bossa-Nova a Sinatra. Mas, Julio Iglesias era importante, porque ninguém externava essa “força latina de amar” como ele. Ironias da vida, meu falecido tio dizia que, nos Bordéis do Nordeste do Brasil, só se ouvia três cantores: Roberto Carlos, Reginaldo Rossi e Julio Iglesias. “Coração Apaixonado talvez seja, no Brasil, a mais conhecida das canções do grande cantor espanhol. Num momento, raro, onde um homem abre seu coração, este Colunista afirma que, todo homem “deixou” uma mulher no passado, e, sempre que “ela retorna”, como uma sombra, muitas vezes para nos atormentar, nos lembrar como poderíamos ser felizes juntos, Julio Iglesias é a Trilha Sonora: “Pobre Diablo“, “Lo Mejor de Tu Vida“, “Por El Amor de Una Mujer“… Mas, para os bons momentos, inquestionavelmente, vem “Por Ella“, na opinião deste Colunista, o mais belo clipe de canções de Julio Iglesias. Sua incursão nos Estados Unidos, através de seu belo álbum “1100 Bel Air Place“, um clipe típico de como era a Vida Elegante nos Anos 80, cantando com a deslumbrante Diana Ross… E, claro, tem momentos engraçados, como “April en Portugal“, cuja tradução para o português, tem a hilária estrofe “O Amor Nasceu em Portugal“… Este Colunista recebeu o privilégio de entrar para o Clube Internacional dos Fãs de Julio Iglesias, e recebeu do ídolo uma bela mensagem de Natal. Julio Iglesias recebeu, da parte deste Colunista, a promessa de, em sua próxima vinda ao Brasil, não apenas a presença deste Colunista na platéia, mas, “um aperto de mão“. Façam suas apostas: em 2008, isso só não aconteceu, porque enquanto Julio se apresentava, aqui no Rio de Janeiro, este Colunista se apresentava em São Paulo. Julio Iglesias ficou três dias aqui, e este Colunista duas semanas em São Paulo.

Anúncios

0 Responses to “JULIO IGLESIAS”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


dezembro 2010
D S T Q Q S S
« nov   jan »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.


%d blogueiros gostam disto: