12
out
10

CARMEN MAYRINK VEIGA


DEFINITIVAMENTE: A VIDA PODE SER MAIS HILÁRIA DO QUE PODEMOS IMAGINAR! A viúva de Roberto Marinho, Dona Lily de Carvalho Marinho, simplesmente resolveu oferecer um almoço, em torno de Dilma Rousseff, em sua magnífica residência, no bairro do Cosme Velho, Rio de Janeiro. Este Colunista garante: quem lá já esteve, não se esquece: o lugar é lindo! Por quase 10 anos, este Colunista ficava embasbacado, olhando toda aquela residência, impressionado com seus flamingos, as flores, a total harmonia entre o tropical e o europeu, num jardim que só transmite paz. A mansão da Família Marinho, para quem não sabe, foi sede de uma antiguíssima fazenda de café. Ele tem um charme todo especial. Na minha opinião, a geografia do lugar é o grande motivo para toda a beleza! Já Lily Marinho, é simplesmente um luxo! Indubitávelmente, uma das maiores damas da Alta Sociedade brasileira. Porém, a vida, pra variar, pode ser muito, muito hilária: Dona Lily resolveu juntar senhoras da Alta Sociedade Carioca, intelectuais, artistas e, talvez para se poder rir um pouco, políticos, em um almoço oferecido a presidenciável Dilma Rousseff. Aqui entre nós: talvez, o Dr. Roberto Marinho tenha se revirado no caixão, ao que Dona Lily tem resposta: “Já recebi Fidel Castro, posso receber a Dilma”, disse a grande dama. Afirmou também que não juntou as amigas para pedir votos, e garantiu que o único presidenciável que receberia seria Dilma. Coisas de mulher? Não sei. Esse “Momento Marisa” não deixa de ser engraçado, e digo isso sem qualquer conotação pejorativa. Limito-me apenas ao cunho da curiosodade: a Alta Sociedade reunida em torno da Dilma! Evidentemente, a nossa divertida Carmen Mayrink Veiga estava presente, e fez comentários elogiosos ao perfume, penteado e trajes de Dilma. Assim sendo, nota Dez para quem repaginou Dilma Rousseff: afinal, foi Carmen quem a elogiou. Ela foi além: disse que gosta da Dilma. O almoço foi batizado como “Encontro da Alta Sociedade com Dilma”. Mas, aqui entre nós: a Alta Sociedade tem esses hábitos, uma espécie de “Circo Privado”. Quando querem se divertir com algo novo, chama alguém totalmente dissoante para conhecer. Dilma e o High Society são como Música Sertaneja e a Marina da Glória: nada a ver! Que Lula fez um bom governo, não se discute, e isso foi muito comentado entre as socielites. Mas, Tem muito mais por detrás da simples reunião das senhoras. Esposas de milionários, como a mulher de Eike Batista, por exemplo, estava presente. Eike Batista vem sendo mencionado, com frequência na campanha presidencial, principalmente por Plínio de Arruda Sampaio, a lenda viva do Comunismo de Lênin. Não foi um “evento social”. Um almoço elegante, com gente culta, com o PIB da América Latina na mesa… Sem críticas, mas, o quê Dilma estava fazendo ali? É para parar, e pensar, principalmente agora, que Dilma passou a ser agressiva, grossa e debochada. A campanha dela não está a altura do almoço que recebeu. Quanto a Carmen Mayrink Veiga, que ultimamente usa seu prestígio em prol da causa dos cadeirantes, não resta dúvidas: ela está em ação, e onde o Poder Público pode fazer efetivamente isso, sem demagogia gratuíta. Convenhamos: é estranho esse tipo de comportamento, na campanha da Dilma. Hildegard Angel, que as fotografias dão a entender que foi “a assessora de Imprensa” de Dona Lily, em sua Coluna descreveu o clima descontraído do almoço, como se eventos de Alta Sociedade não transcorressem assim. Este Colunista considera tal reunião como um dos maiores incentivos que a campanha do PT poderia ter recebido. É interessante como tal fato foi amplamente coberto pela Imprensa mas, ao mesmo tempo, poucos sabem que aconteceu. Talvez a acessoria de Dilma tenha entendido que o povão poderia deixar de votar na Dilma, dada a atenção da Alta Sociedade para a “Mãe dos Pobres”. Bom, quanto a Carmen, Dilma criou boa impressão. Não acredito, honestamente, que ela ganharia o voto de Carmen. A grande lição para o leitor querido: Classe, Educação, Cultura, e abertura para o diálogo! O PT não sabe, e nunca se esmerou em praticar essas coisas, mas, para quem é gente, o exemplo de Dona Lily é magnífico! Aprendam, Emergentes e “Crasse Média”! Essas atitudes são elegantes! Afinal de contas, educação e saber lidar com o diferente com respeito é muito bom!

Anúncios

0 Responses to “CARMEN MAYRINK VEIGA”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


outubro 2010
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: